Como escolher a Camada de Serviço e Nível de Desempenho do seu Azure SQL Database

Se você está criando um Azure SQL Database para uma nova aplicação isso não deve ser um problema, já que é possível tanto aumentar quanto diminuir o nível de desempenho do seu banco de dados a qualquer momento. Agora se você já possui um banco de dados on-premise e deseja migrar para o Azure SQL Database o principal questionamento é… qual camada de serviço e nível de desempenho devo escolher? Inicialmente temos dois pontos importantes: tamanho máximo suportado e quantidade de DTUs.

Atualmente o Azure SQL Database suporta um banco de dados de até 1TB. Começando em 2GB para camada Basic, 250GB para camada Standard e 500GB a 1TB para camada Premium (de acordo com o nível de desempenho). Sendo assim, dependendo do tamanho atual do seu banco de dados você automaticamente já se enquadra em uma das camadas disponíveis e seus respectivos níveis de serviço (se for o caso).

Agora temos a questão da quantidade de DTUs, mas afinal, o que é um DTU? DTU (Unidade de Transação de Banco de Dados) é a medida do Azure SQL Database que representa a capacidade do banco de dados, ou seja, quanto mais DTUs mais poder seu banco de dados tem.

dtu

Mas como saber quantos DTUs meu banco de dados on-premise precisa? Felizmente o Justin Henrisen disponibilizou uma calculadora (não oficial) que captura informações do seu ambiente on-premise e retorna qual a camada de serviço e nível de desempenho recomendado para o seu Azure SQL Database, lembrando que essa recomendação é um pontapé inicial e que é necessário acompanhar o banco de dados para garantir que não haverá maiores problemas de desempenho.

As DMVs sys.dm_db_resource_statssys.resource_stats exibem informações dos recursos utilizados, sendo possível ter uma média de DTUs utilizados através das colunas “avg_cpu_percent”, “avg_data_io_percent” e “avg_log_write_percent”.

 Para utilizar a calculadora você deve executar um script em PowerShell (esse aqui) para capturar e gerar um arquivo com as informações do seu ambiente e realizar o upload desse arquivo no site informando a quantidade de Cores que seu ambiente tem. Feito isso é só clicar em calcular e ver o resultado!

Até a próxima…

Deixe um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s